17/01/2017 (86) 98119-5253

Polícia

Secretaria de Segurança reforça policiamento no Centro da Capital

O objetivo do encontro foi fortalecer a segurança do centro comercial, principalmente no entorno do shopping

09/01/2017 - Atualizado em: 09/01/2017, 15:36 Publicado por: Sávia Barreto

O secretário da Segurança, cap. Fábio Abreu, recebeu, na manhã desta segunda-feira (09), um grupo de comerciantes representando o Shopping da Cidade. O objetivo do encontro foi fortalecer a segurança do centro comercial, principalmente no entorno do shopping.

De acordo com o capitão Raul Moraes, da Companhia Cosme e Damião (Codam), a Polícia Militar tem procurado trabalhar de forma integrada com a comunidade e com os empresários no Centro da capital. “Nós já trabalhamos em parceria com o Sindilojas. Criamos um grupo no WhatsApp e os empresários nos passam algumas informações que nos ajudam a montar nossa estratégia de atuação. A partir desse encontro, queremos estreitar essa comunicação com o pessoal do Shopping da Cidade. Precisamos de informações da população para planejar e direcionar nossas ações na região do Centro”, comentou.

Dentre as reivindicações dos representantes do Shopping da Cidade, estavam o combate à venda ilegal de aparelhos celulares, praticado na praça da Bandeira, e o aumento do policiamento ostensivo na região.

Fábio Abreu recebe representantes do Shopping da Cidade (Foto:Tavynho Neto)

Fábio Abreu recebe representantes do Shopping da Cidade (Foto:Tavynho Neto)

Em resposta ao grupo, o secretário da Segurança, cap. Fábio Abreu, informou que ainda no mês de janeiro vai implantar uma delegacia espeíifica para investigar roubo de celular.

“Vamos agora concentrar as investigações de roubos e furtos a celulares na Delegacia de Crimes Virtuais. Nosso objetivo é dar mais agilidade às investigação e poder identificar quem são esses criminoso e quem está fazendo a receptação. Vamos criar também um banco de dados, para que as pessoas possam registrar o número do IMEI, identidade do celular, quando comprarem o aparelho. Esse registro vai ajudar tanto em caso de furto, na localização do aparelho e também para identificar se o aparelho é ou não roubado”, explicou.

Abreu destacou outras ações que irão reforçar o policiamento da região. “Vamos iniciar o processo de licitação do projeto de videomonitoramento de Teresina. A central vai funcionar na praça da Bandeira e com isso vamos reduzir bastante a criminalidade. De forma emergencial vamos reforçar o policiamento ostensivo com homens da Rone e da Cavalaria”, disse.

O secretário lembrou que para coibir a venda ilegal de celulares é importante que a Polícia, Prefeitura e Secretaria da Fazenda (Sefaz) trabalhem de forma integrada. “Vou procurar a Prefeitura e a Sefaz para intensificar as operações de fiscalização na praça da Bandeira. A polícia não pode agir sozinha. É importante que os fiscais da Prefeitura façam ações semanais ou diárias na região cobrando as notas fiscais dos aparelhos que estão sendo comercializados”, finalizou.

comentários