23/04/2017 (86) 98119-5253

Notícias

Governador diz que pavimentação da BR 226 vai interligar região

A cerimônia contou a presença do ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa e do governador em exercício do Maranhão, Carlos Brandão

06/01/2017 - Atualizado em: 06/01/2017, 13:59 Publicado por: Juliana Andrade

O governador Wellington Dias participou na tarde desta quinta, 5, da solenidade de assinatura da Ordem de Serviço para o início da pavimentação das rodovias BR-226, (Timon – Km 100) e BR 136, entorno de Timon. A cerimônia contou a presença do ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa e do governador em exercício do Maranhão, Carlos Brandão.

Segundo Wellington Dias, essa obra é importante, pois faz a integração da região, fazendo a ligação a Timon-Presidente Dutra. “É fundamental para o desenvolvimento da região, pois interliga os dois estados, beneficiando a população do sul do Maranhão”, disse.O governador falou ainda das prioridades para 2017. “Comemoramos esse contorno rodoviário que será feito em Timon, estamos fazendo em Teresina. Iremos fazer mais uma ponto sobre o Rio Parnaíba, integrando a saída da BR 316 em direção à 226 em Timon e a intenção é tirar o trânsito pesado dos centros de Teresina e Timon”, diz.

O Ministro Maurício Quintella declarou que a obra é de interesse dos estados do Maranhão e Piauí.  O governador do Maranhão destacou o empenho e a parceria das bancadas dos dois estados. “Depois de 33 anos de luta, a obra agora vai definitivamente ser executada”, disse.

Wellington destacou ainda as obras de duplicação das BRs, que estão em andamento. “Priorizamos, em concordância com a bancada federal, um trecho que liga a Ponte Nova que vai para o Maranhão em direção à rodoviária de Timon, passando pelo Elevado da Miguel Rosa, chegando ao balão próximo à Usina Santana e saindo na Presidente Kennedy, onde há o alargamento”, diz, enfatizando que a obra vai desafogar o trânsito da capital e garantir mobilidade urbana e está estimada em R$ 120 milhões.

O governador Wellington Dias falou ainda sobre a liberação por parte do ministro Quintella do aeroporto regional de Bom Jesus, feito com recurso público, sendo parte do Governo Federal e outra do Estadual.

comentários