Notícias

Promessa de Firmino: passe livre não tem previsão para acontecer em Teresina

Em 22 de janeiro de 2015, anúncio oficial da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) garantia congelamento de tarifa e gratuidade na passagem estudantil

05/01/2017 - Atualizado em: 05/01/2017, 12:16 Publicado por: Edrian Santos Repórter: Edrian Santos

Após mais um aumento da tarifa de ônibus, em Teresina, a passagem estudantil continua congelada. Ao que parece, há conformidade entre a população. Não são observados indicativos de protestos, ocupações ou outras formas de chamar a atenção do poder público ao caos do transporte público teresinense. Percebe-se uma “lua de mel” da prefeitura com os responsáveis pelo aumento da tarifa, saltando de R$ 2,75 para R$ 3,30, a partir da próxima sexta-feira (06/01).

Promessas de melhorias após a licitação continuam sem efeito no cotidiano dos usuários do transporte público da capital (Foto: Édrian Santos/OitoMeia)

Promessas de melhorias após a licitação continuam sem efeito no cotidiano dos usuários do transporte público da capital (Foto: Édrian Santos/OitoMeia)

Promessas de melhorias após a licitação continuam sem efeito no cotidiano dos usuários do transporte público da capital. O sonho do passe livre, pauta de reivindicações desde os protestos de 2013 que ocorreram em todo o Brasil, parece ter sumido do vocabulário do prefeito Firmino Filho. Em 2015 o chefe do Executivo municipal havia prometido gratuidade aos estudantes. O fato é que uma data não foi estipulada, mas quase dois anos é tempo demais para que pelo menos uma satisfação seja dada.

IMPRENSA REPERCUTE

No dia 22 de janeiro de 2015, o site oficial da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) lançou uma nota em que afirmava o congelamento da passagem estudantil e também prometia gratuidade aos estudantes, “futuramente”. Na época, seguindo o reajuste anual da tarifa concedido às empresas, a passagem inteira tinha aumentado de R$ 2,10 para R$ 2,50. Tudo isso, meses após o resultado final da licitação do transporte público da capital.

Site oficial da prefeitura confirmou congelamento da tarifa e prometeu passe livre estudantil (Reprodução Portal PMT)

Site oficial da prefeitura confirmou congelamento da tarifa e prometeu passe livre estudantil (Reprodução Portal PMT)

O anúncio do passe livre parecia um alívio aos estudantes e um prato cheio à imprensa local. Veículos de comunicação de toda a capital replicaram a informação oficial da prefeitura. “Não será possível implantar a gratuidade agora para os estudantes, mas nossa meta é avançar no sentido de garantir a eles o benefício no passe livre no futuro”, ressalta, em 2015, o prefeito Firmino Filho, por meio da assessoria de imprensa.

Leia ainda: Entidade estudantil critica ausência do DCE da Ufpi em reunião sobre aumento da passagem

Passagem de ônibus pode passar de R$ 2,75 para R$ 3,30 a partir de janeiro de 2017

Vários títulos compuseram a notícia. “Firmino anuncia que prefeitura estuda implantar o passe livre em Teresina”, disse uma chamada de um portal da capital.

Veículos de comunicação de toda a capital replicaram a informação oficial da prefeitura (Reprodução site Cidade Verde.com)

Veículos de comunicação de toda a capital replicaram a informação oficial da prefeitura (Reprodução site Cidade Verde.com)

O reajuste de 2015 aumentou a passagem inteira de R$ 2,10 para R$ 2,50 (Reprodução site Cidade Verde.com)

O reajuste de 2015 aumentou a passagem inteira de R$ 2,10 para R$ 2,50 (Reprodução site Cidade Verde.com)

Após dois anos, prefeitura não menciona gratuidade na tarifa estudantil no transporte público da capital (Reprodução site Cidade Verde.com)

Após dois anos, prefeitura não menciona gratuidade na tarifa estudantil no transporte público da capital (Reprodução site Cidade Verde.com)

Um pouco mais contido, outro portal destaca: “Firmino Filho anunciou manter o valor de R$ 1,05 para meia passagem. Prefeitura não descarta aumento no preço da passagem inteira, de R$ 2,10”, sendo que na mesma matéria citam a proposta do passe livre estudantil.

Nova tarifa para 2017 passa a valer na próxima sexta-feira (Reprodução site G1 Piauí)

Nova tarifa para 2017 passa a valer na próxima sexta-feira (Reprodução site G1 Piauí)

SEM PREVISÃO AO PASSE LIVRE

O OitoMeia entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) e questionou sobre a implantação do passe livre estudantil na capital. A PMT culpa a crise financeira e os cortes nos repasses ao Município pelo não cumprimento da promessa, acrescentando que não há previsão de implantação nem discussão sobre o assunto.

“Como alternativa, a saída da prefeitura foi congelar a passagem estudantil pelo sexto ano consecutivo. Atualmente, esse congelamento representa um terço do valor que a prefeitura subsidia para as empresas”, explica.

Leia também: Movimento ‘Contra o Aumento’ articula manifestações em Teresina após novo valor de passagens

A reportagem também entrou em contato com a Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes de Teresina (Strans), mas a equipe foi informada de que a diretora de transportes do órgão, Cíntia Machado, estava em reunião. Até o fechamento desta matéria, a Strans não se pronunciou ao OitoMeia.

comentários