Estilo de vida

Adoção é coisa séria: o que pensar antes de pegar um bicho de estimação

Assim como uma criança, um bicho de estimação exige gastos mensais que incluem ração e eventuais idas ao veterinário

11/01/2017 - Atualizado em: 11/01/2017, 18:03 Publicado por: Juliana Andrade

Justin Bieber já virou notícia por ter abandonado um macaco na alfândega e “dado” um hamster para uma fã. Ao contrário do comportamento do cantor, adotar um bichinho é coisa séria e requer muita responsabilidade. Veja algumas coisas que você deve pensar antes de pegar um pet para não dar uma de Bieber por aí:

e-preciso-pensar-que-ter-um-bicho-e-comprometimento-para-vida-toda-1483986922599_v2_900x506

É preciso pensar que ter um bicho é comprometimento para vida toda (Reprodução/Uol)

  • Comprometimento para a vida toda

    Maria Cecília Sanches de Assis, diretora da ONG Segunda Chance, é bem clara: bichinho de estimação é que nem filho. “Não importa que a sua vida mude, a dele vai mudar também”. Então a adoção de um pet deve ser uma decisão muito bem pensada. Acha que consegue cuidar de um animal por 15, 20 anos?

  • Gasto mensal

    Assim como uma criança, um bicho de estimação exige gastos mensais que incluem ração e eventuais idas ao veterinário. “Um cachorro de porte médio vai gastar, por mês, R$ 150 a R$ 200”. Então é importante pensar se o valor cabe no seu orçamento, já que não pode deixar faltar nada para o bichinho.

  • Bicho não é presente

    Um cachorro ou gato são uma vida, não um objeto. Então nada de presentear crianças ou companheiros com um filhotinho. “Tem que ser uma decisão da pessoa que vai cuidar do bicho, porque é uma responsabilidade muito grande”, fala Maria Cecília.

  • Você tem mesmo espaço para o pet na sua vida?

    Tem muita gente que, quando vai mudar de apartamento ou de país, decide devolver o bicho de estimação para ONGs ou apenas abandoná-lo. Porém, este tipo de mudança é preciso ser levada em conta antes mesmo da adoção. “Ele depende de você, então é preciso incluí-lo em todos os aspectos”, diz a voluntária.

Fonte: Uol
comentários