Futebol

Sem repasse de prefeitura e sem pagar taxa da CBF, Comercial pode desistir do Piauiense

Taxa da CBF, obrigatória para todos os times que quiserem inscrever jogadores e disputar campeonatos oficiais, ainda não foi paga pelo Comercial

10/01/2017 - Atualizado em: 10/01/2017, 09:37 Publicado por: Victor Costa
Comercial foi vice-campeão do Campeonato Piauiense Série B em 2016 (Foto: Repórter 10)

Comercial foi vice-campeão do Campeonato Piauiense Série B em 2016 (Foto: Repórter 10)

A estreia do Comercial na temporada 2017 está marcada para o dia 1 de fevereiro, contra o Parnahyba no estádio Deusdeth Melo, no entanto, sem receber dinheiro prometido pela Prefeitura de Campo Maior, o clube sequer pagou a taxa anual da CBF, obrigatória para clubes atuarem.

De acordo com o presidente do Comercial, Chico Wilson, o time espera pelo repasse da prefeitura: “Só temos condições de participar do campeonato se recebermos o dinheiro. Todas as prefeituras que apoiam os times já repassaram o dinheiro, menos a prefeitura de Campo Maior. Se não houver esse repasse, não temos como jogar o Campeonato Piauiense. Estamos no aguardo”, relatou.

A taxa anual do cadastramento na CBF custa R$ 2.700 e é obrigatório para todos os times que quiserem inscrever jogadores e disputar campeonatos oficiais.

Com sete clubes garantidos e o Comercial ainda em stand-by, o Campeonato Piauiense está marcado para iniciar no dia 31 de janeiro.

comentários