Allisson Paixão

Mão Santa diz que recebeu prefeitura “sucateada”, decreta emergência e aciona PF

06/01/2017 - Atualizado em: 06/01/2017, 08:26 Publicado por: Allisson Paixão

O prefeito recém empossado de Parnaíba, Mão Santa (SD), decretou estado de emergência em decorrência do que, segundo ele, encontrou ao tomar posse da prefeitura “sucateada” deixada pelo antecessor Florentino Neto (PT).

O decreto de número 2/2017, do dia 2 de janeiro, alega o que Mão Santa chama de “riscos a que estão expostos os interesses da população desassistida”. Entre as justificativas do novo prefeito, estão a falta de acesso ao material já licitado pela Prefeitura de Parnaíba.

Por conta disso as Polícias Civil e Federal já foram acionadas para colaborar na apuração dos problemas. Para piorar, Mão Santa recebeu a prefeitura tendo que pagar salários atrasados e os vários serviços contratados (terceirizados) que estão há muito tempo sem receber.

Vereador Dudu quer anular aumento no preço da passagem de ônibus

06/01/2017 - Atualizado em: 06/01/2017, 08:16 Publicado por: Allisson Paixão

O vereador Dudu (PT) demonstrando que a oposição, por mais pequena que seja, fará barulho este ano, já surgiu aprontando: quer anular o aumento no preço da passagem de ônibus, que passa de R$ 2,75 para R$ 3,30 a partir desta sexta-feira (06/01).

Dudu solicitou, formalmente, à Strans a planilha de custos aprovada em conselho e apresentada ao prefeito Firmino Filho, que já aprovou o reajuste. O petista disse que vai analisar o porquê do aumento e, caso não encontre justificativa suficiente, vai pedir pela anulação, seja via parlamento, seja via judicial.

“É o pacote da maldade do Firmino. Bem no começo do ano”, rotulou Dudu.

Heráclito Fortes compra briga com o próprio partido ao fazer indicação para o Banco do Brasil

05/01/2017 - Atualizado em: 05/01/2017, 07:58 Publicado por: Allisson Paixão
Heráclito Fortes (Foto: José Cruz / ABr)

Heráclito Fortes (Foto: José Cruz / ABr)

A nomeação de José Eduardo Pereira Filho para a vice-presidência de Governo do Banco do Brasil causou estresse no PSB. Pereira Filho só chegou ao posto por indicação do deputado federal piauiense Heráclito Fortes, a quem é ligado há muitos anos.

Acontece que boa parte dos deputados do partido não gosta da presença de filiados da legenda no governo. Querem que o PSB tenha autonomia e pense num projeto para 2018, longe do presidente Michel Temer. O presidente do PSB, Carlos Siqueira, diz, no entanto, que a maioria dos parlamentares quer apoiar o governo Temer.

“Os parlamentares têm a liberdade de indicar para cargos. Quem quer sair do governo é minoria”, afirmou. A informação é da Coluna Expresso, assinada por Murilo Ramos no site da revista Época, do Grupo Globo.

Em Picos, Padre Walmir desprestigia seu principal doador de campanha, Araújinho

05/01/2017 - Atualizado em: 05/01/2017, 07:49 Publicado por: Allisson Paixão
Padre Walmir e Araújinho: parceria rompida? (Fotos: Divulgação)

Padre Walmir e Araújinho: parceria rompida? (Fotos: Divulgação)

O prefeito reeleito da cidade de Picos, Padre Walmir (PT), mal começou seu mandato já comprou um abacaxi para resolver.

É que ele desprestigiou nada mais, nada menos que o maior doador de sua campanha, Francisco de Araújo Filho, o empresário Araújinho, um dos homens mais bem sucedidos financeiramente na região.

Segundo consta no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI), Araújinho fez doação de R$ 65 mil à campanha do Padre Walmir. Foram duas transferências eletrônicas, em espécie: uma de R$ 50 mil e outra de R$ 15 mil.

Independente do apoio financeiro, o empresário esperava ser contemplado pelo atual prefeito com indicação de alguma secretaria. Nos bastidores da política de Picos a informação é a de que ele exigiu a pasta da Educação, mas não foi atendido.

Araújinho e Padre Walmir estão sem se falar e a possibilidade de rompimento é iminente.

Wellington Dias agrada Elmano Ferrer e chama Dudu para dar vaga a Paulo Roberto

04/01/2017 - Atualizado em: 04/01/2017, 09:43 Publicado por: Allisson Paixão

Num acordo feito pelo governador Wellington Dias (PT) com o senador Elmano Ferrer (PTB, por enquanto), o primeiro suplente da coligação dos dois partidos, Paulo Roberto da Iluminação (PTB), será chamado para assumir a cadeira de vereador de Teresina.

W.Dias já conversou e convenceu Dudu (PT) que deixe a vaga para assumir uma secretaria estadual. Isso será definido até o fim deste mês de janeiro, numa reforma de secretariado que o governador pretende fazer para poder acomodar partidos insatisfeitos desde a eleição 2016, como PMDB e PP.

“É legal, mas é imoral”: Filho do governador do PI de jatinho; filho do de MG de helicóptero

02/01/2017 - Atualizado em: 02/01/2017, 19:36 Publicado por: Allisson Paixão

“É legal, mas é imoral”.

Filho do governador do PI foi de jatinho filho do de MG foi de helicóptero (Foto montagem: Reprodução)

Filho do governador do PI foi de jatinho filho do de MG foi de helicóptero (Foto montagem: Reprodução)

A frase foi dita pelo pessoal da oposição para a polêmica do jatinho que levou o filho do governador Wellington Dias(PT) a um paradisíaco resort de Barra Grande, no litoral do Piauí.

Serve para um colega de partido e de função de W.Dias: o governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT) defendeu que é “legal e normal” ter ido buscar o filho no helicóptero do Governo do Estado de lá.

Segundo nota que saiu em vários veículos da imprensa nacional nesta segunda-feira (02/01), Pimentel usou um helicóptero oficial do estado para buscar o filho no luxuoso Escarpas do Lago, condomínio localizado no município de Capitólio (MG), na região sul de Minas.

Um vídeo feito por uma pessoa que estava no condomínio se espalhou pelas redes sociais e registra o momento da chegada do governador: de camisa, calça jeans e óculos escuros, ele beija e abraça o filho e, em seguida, senta-se ao lado dele na aeronave.

Após o vídeo viralizar nas redes sociais, Fernando Pimentel recorreu à sua página no Facebook para dar explicações. Disse que viajou no último domingo com a intenção de passar o dia com o filho, que havia comemorado a virada de ano na casa de amigos. O passeio, porém, teve de ser interrompido sob a justificativa de que o filho não estaria se sentindo bem. Assista e veja como foi o ‘resgate’ do filho de Pimentel:

Em nota, a assessoria do governo de Minas Gerais afirmou que o “decreto 44.028/2005, assinado pelo então governador Aécio Neves, prevê a utilização de aeronave oficial por parte do Chefe do Executivo em deslocamentos de qualquer natureza”. “Desde 2005, portanto, e com respaldo legal daquela norma, são registrados voos em aeronaves oficiais nos deslocamentos de governadores mineiros acompanhados de familiares”, disse a assessoria.

Repetindo o início desta nota: “É legal, mas é imoral”.

Walteres Arraes na posse dos eleitos: não como vereador, mas como jornalista

01/01/2017 - Atualizado em: 01/01/2017, 19:04 Publicado por: Allisson Paixão

O jornalista Walteres Arraes até que tentou estar na posse dos eleitos em outra posição, mas como não foi possível, ele apareceu no plenário, na tarde deste domingo (1º/01), na profissão que o consagrou: atuando como repórter, transmitindo ao vivo para a TV Meio Norte.

Walteres Arraes: não foi como vereador para a posse, mas como jornalista, estava lá (Foto: Reprodução da TV Meio Norte)

Walteres Arraes: não foi como vereador para a posse, mas como jornalista, estava lá (Foto: Reprodução da TV Meio Norte)

Walteres foi candidato a vereador de Teresina nas Eleições 2016 pelo PSD. Obteve 193 votos (correspondente a 0,04%) e, logicamente, não foi eleito. Repórter da TV Meio Norte, ele era um dos profissionais da imprensa piauiense cobrindo a posse direto da Câmara Municipal.

Em reunião articulada por Siqueira Campos, Wellington Dias se reúne com Firmino Filho

31/12/2016 - Atualizado em: 31/12/2016, 12:09 Publicado por: Allisson Paixão

Em Teresina, onde passam as festas de fim de ano ao lado de suas respectivas famílias, o governador Wellington Dias (PT) e o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB) tiveram um encontro e conversaram por exatos 49 minutos

A conversa entre os dois foi articulada pelo publicitário Siqueira Campos, dono da maior agência de publicidade do Piauí, SA Propaganda, que é quem coordena as campanhas de mídia dos dois principais gestores do estado.

O maior interessado na conversa foi W. Dias, que teme uma postura de oposição de Firmino e da bancada tucana na Assembleia Legislativa, após os deputados estaduais Firmino Paulo, Marden Menezes e Luciano Nunes se ausentarem na votação da PEC dos Gastos.

Depois da polêmica do jatinho, Governo se antecipa e suspende licitação das quentinhas

29/12/2016 - Atualizado em: 29/12/2016, 09:08 Publicado por: Allisson Paixão

“Gato escaldado tem medo de água fria…”.

Depois da polêmica do jatinho do filho do governador Wellington Dias (PT) e de toda a repercussão -negativa, é claro- o Governo do Estado saiu na frente após saber do que estavam espalhando via redes sociais sobre uma milionária licitação.

Tratava-se da licitação das quentinhas. Estimada em R$ 10 milhões, seria para o fornecimento de refeições para secretarias e órgãos da administração Estadual. O pregão presencial era para contratar uma empresa que iria fornecer comida aos servidores públicos estaduais.

Só que os valores estavam acima do normal. A quentinha de R$ 10 sairia por R$ 26, o cafezinho de R$ 4 sairia por R$ 20 e a feijoada de R$ 20 por R$ 70 (por pessoa). Foi levantada a suspeita de superfaturamento. Rapidamente espalharam a imagem abaixo, nesta quarta-feira (28/12), via grupos de Whatsap:

casolicita1

Não demorou muito e horas depois o próprio secretário estadual de Administração, Franzé Silva, também via redes sociais, tratou de suspender imediatamente a licitação. Ao saber dos preços anexos a este edital, determinei a imediata suspensão do mesmo. Solicitei explicações da equipe responsável pela pesquisa de preços. Estamos concluindo o ano com um Estado equilibrado, graças a várias medidas, uma das mais importantes foi a gestão responsável dos gastos públicos”, escreveu Franzé em seu Facebook. A informação de que o Estado licitou preços abusivos de alimentação não condiz com os verdadeiros fatos”, postou Franzé em seu Facebook:

casolici2

Jeová Alencar preside a Câmara e terá na mesa Luís André, Dudu, Teresa Brito…

28/12/2016 - Atualizado em: 28/12/2016, 12:19 Publicado por: Allisson Paixão

Finalmente há um consenso na definição para formação da mesa diretora da Câmara Municipal de Vereadores de Teresina.

Jeová Alencar (PSDB), que já estava certo, vai presidir a Casa e já começou os trabalhos ‘costurando’ acordos. Quem se deu bem foi Luiz André (PSL), que muito ‘brigou’ para ter um cargo na mesa e agora assume como vice.

Leia ainda: Posse de vereadores de Teresina e de Firmino acontece no domingo a tarde

Zé Nito (PMDB), nome do presidente da Assembleia Themístocles Filho (PMDB), será o segundo vice. Dos novatos, Venâncio (PP), Ítalo (PTC) e Gustavo de Carvalho (PEN) terão cargos na mesa.

Da oposição, Dudu (PT) ficou como segundo secretário. As negociações agora passam para as comissões: Quem assume qual e o quê. A mais disputada, CCJ, deve ter indicação do PSDB.

Veja como ficou definida a mesa:
Presidente – Jeová Alencar (PSDB)
1º Vice – Luiz André (PSL)
2º Vice – Zé Nito (PMDB)
1º Secretário – Venâncio Cardoso (PP)
2º Secretário – Dudu Borges (PT)
3º Secretário – Ítalo Barros (PTC)
4º Secretário – Gustavo de Carvalho (PEN)
Corregedora – Teresa Britto (PV)
Ouvidor – Valdemir Virgino (PRP)

 

pesquisar no blog