Allisson Paixão

Teresina ganha a primeira loja oficialmente licenciada pela Apple

18/02/2017 - Atualizado em: 18/02/2017, 11:00 Publicado por: Redação OitoMeia

Teresina vai ganhar a primeira loja oficial autorizada pela Apple. É a iOne, considerada ‘Apple Premium Reseller’.

Vai ser inaugurada nesta segunda-feira (20/02) no Teresina Shopping. Promete resolver os problemas de quem é fã dos produtos da maçãzinha no Piauí.

O estado sempre foi um dos poucos do País que, para comprar um simples cabo ou carregador de MacBook (o notebook da Apple) era preciso comprar pela Internet, via site da marca fundada por Steve Jobs, demorando até cinco dias úteis para chegar.

As concorrentes iWant e SmartCenter, que mais vendem produtos Apple no Piauí, não são licenciadas oficialmente pela empresa.

Assis Carvalho faz “esclarecimento” sobre mudança na Sesapi e alfineta adversários em Oeiras

16/02/2017 - Atualizado em: 16/02/2017, 10:37 Publicado por: Redação OitoMeia

O deputado federal Assis Carvalho (PT) resolveu divulgar uma nota em seu perfil no Facebook, em que chama de “esclarecimento” sobre “especulação e votos”.

Na nota que postou, Assis Carvalho negou que tenha sido um entrave, como muito se especulou, para a negociação da secretaria estadual de Saúde, que tem um indicado seu, ser passada pelo governador Wellington Dias (PT) ao comando do PP.

Quem assina é a equipe de assessoria do parlamentar, que escreve em terceira pessoa e comenta sobre “atrito” com assessores do governador: “O deputado Assis jamais cobrou qualquer cargo ou benefício, nem questionou a fidelidade do governador ao projeto político de que participa, nem fez qualquer abordagem, nem teve atrito com assessores do governador”.

Na mesma nota ele ainda trata sobre os votos que teve como deputado federal na sua cidade natal, Oeiras, na eleição de 2014, e os votos para um candidato indicado por ele, Abimael, derrotado na eleição municipal do ano passado. Foi uma alfinetada na família do ex-prefeito e ex-deputado federal B.Sá, que hoje está na situação, tendo eleito, pelo PP, o atual prefeito José Raimundo, sucedendo o filho dele, Lukano Sá:

“Sobre quantidade de votos em Oeiras, cabe esclarecer que, para deputado federal, Assis teve a mesma votação do candidato apoiado pelo grupo que hoje está no poder. Porém, como teve mais votos em outras cidades, foi eleito. E o candidato do grupo que está no poder (no caso da família do B.Sá), perdeu a eleição. Na última eleição municipal, o partido da situação em Oeiras elegeu 3 vereadores pelo PP e o PT elegeu também 3 vereadores. E, novamente, com quase a mesma quantidade de votos. Por fim, o candidato a prefeito apoiado por Assis, Abimael Rocha, teve 10.339 votos contra 11.481 do concorrente eleito. Esses são os fatos”.

Veja a postagem na íntegra:

Wellington Dias e seu dilema: ou aceita a pressão do PT ou cede para o PP e PMDB pensando em 2018

15/02/2017 - Atualizado em: 15/02/2017, 08:56 Publicado por: Redação OitoMeia

O governador Wellington Dias (PT) é conhecido por ser um dos políticos mais habilidosos que o Piauí já viu. Não está num terceiro mandato à toa. Até a oposição reconhece e respeita –mesmo que esse respeito seja ficando calada, bem piaininho…

Mas Wellington tem por trás dessa habilidade um PT que vez por outra o aperta, coloca a faca no pescoço meeesmo. Já funcionou algumas vezes, quando o partido insistiu para que saísse candidato ao Senado em 2010. Outras vezes nem tanto, como quando W. Dias foi candidato a prefeito de Teresina e amargou um terrível 3º lugar em 2012.

Governador Wellington Dias em entrevista (Foto: Allisson Paixão / OitoMeia)

Fevereiro de 2017 e Wellington Dias novamente se vê pressionado por um Partido dos Trabalhadores que beira a intransigência quando o assunto é acomodar novos aliados. Não há quem faça alguns petistas mais radicais engolir a entrada de um PP na secretaria estadual de Saúde hoje capitaneada pelo deputado federal Assis Carvalho, que indiciou o médico Francisco Costa.

Não custa lembrar: Costa deixou um mandato de prefeito para assumir a pasta da Saúde. Tem feito um trabalho ruim a frente da Sesapi?! Não!! Está dando para o gasto… Mas não isso que está contando. É o pessoal do Assis Carvalho que não quer ceder. Se for de W.Dias atender o PP com a secretaria de Saúde, o partido que o PT considera “golpista” -mágoas de um impeachment mal digerido-, que não seja por completo.

Como se não bastasse esse dilema, ainda tem um escaldado PMDB pleiteando pelo menos duas secretarias de primeiro escalão e dois cargos no segundo escalão. W.Dias deu aquela sacudida na cabeça de quem iria fazer o possível, mas aí mexe de novo com o PT. “O senhor vai mexer com seu partido, quem sempre está do seu lado?”, perguntaram os petistas. A senadora Regina Sousa (PT) deixou bem claro e não teve qualquer problema em expor que estava chateada com a decisão do governador por acomodar esses partidos.

“Antes o governador Wellington Dias ouvia a gente, discutia, para só depois decidir. Agora é o contrário. Ele primeiro decide e só depois ouve a gente, discute”, alfinetou Regina, sem qualquer cerimônia e dando de ombros ao fato de só ser senadora porque W.Dias lhe pôs como suplente e saiu para assumir o Palácio de Karnak. Cada vez mais o cerco se fecha. Wellington Dias terá que demonstrar o quanto é habilidoso a partir de agora. Porque se de um lado os petistas o pressionam, tem esse pensamento aqui para ele refletir: “O senhor vai querer enfrentar um poderoso PP, um articulado PMDB, entre outros, trabalhando contra a sua reeleição em 2018?”.

Aí já era a história da ‘oposição pianinho’ citada no primeiro parágrafo desse texto… Os próximos capítulos dessa novela prometem!

Cassação e nova eleição em Miguel Leão acende alerta em prefeitos

14/02/2017 - Atualizado em: 14/02/2017, 09:29 Publicado por: Redação OitoMeia

A cassação do prefeito Joel de Lima (PSD), do município de Miguel Leão, serviu para acender o alerta de um bocado de prefeito eleito que não completou nem o segundo mês de gestão.

Jailson de Sousa durante sua posse em janeiro deste ano (Foto: Reprodução)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) mostrou que vai sim dar uma acelerada em um bocado de processo movido em decorrência das eleições municipais do ano passado.

Joel foi acusado de conduta vedada e abuso de poder político e econômico. É justamente o que motivou a maioria das ações a serem analisadas pelo TRE-PI este ano. No caso de Miguel Leão, o tribunal decidiu por uma nova eleição.

Piauiense supera mais de 430 concorrentes e é primeiro lugar entre os Agulhas Negras

14/02/2017 - Atualizado em: 14/02/2017, 09:02 Publicado por: Redação OitoMeia

O piauiense Rômulo Morais Lima ficou em primeiro lugar no curso da Academia Militar dos Agulhas Negras (AMAN), do Exército Brasileiro.

Piauiense primeiro lugar no curso de Agulhas Negras (Foto: Reprodução)

Foi a primeira vez que um piauiense apareceu na melhor colocação de um dos cursos mais sonhados para quem quer fazer carreira militar.

Ele superou 430 cadetes, aspirantes a oficial do Exército vindos de todo o Brasil e de mais quatro nações amigas do Brasil que podem participar do curso.

O resultado saiu no final do ano passado. Rômulo ganhou destaque no programa RJ, exibido na cidade de Resende, Rio de Janeiro (RJ), e concedeu entrevista comemorando o feito: “É um coroamento, a gente espera por isso. E é sobretudo um orgulho para minha família”, afirmou.

Confira a entrevista:

Fábio Abreu sobre o Palestino: “Se cometer um crime, nós vamos sempre prendê-lo”

13/02/2017 - Atualizado em: 13/02/2017, 15:03 Publicado por: Redação OitoMeia

O secretário estadual de Segurança Fábio Abreu não entrou na briga com o judiciário e com os ‘defensores’ de Samuel Ali Silva Haroon, 20 anos, que ficou conhecido pelo apelido ‘Palestino’, pichado por vários muros em quase todos os bairros de Teresina.

Fábio Abreu, em entrevista durante solenidade da secretaria estadual de Segurança Pública, disse que só podia falar pelo que lhe competia no que diz respeito ao trabalho executado pela Polícia Civil, que investigou e prendeu um acusado de um crime.

“Não entro no mérito do que um juiz decidiu, se pela soltura ou não do acusado, mas se ele cometeu um crime e nós tivemos como prendê-lo, achamos sim necessária a sua prisão. O trabalho da Polícia é o de investigar e descobrir quem comete crimes prejudicando a sociedade. E foi o que aconteceu nesse caso”, afirmou.

Samuel Ali Silva Haroon, o Palestino (Foto: Divulgação)

Fábio Abreu disse que no caso em questão, Palestino pichou vários muros de pessoas que se sentiram lesadas e foram até a secretaria de Segurança pedir por ajuda. “Neste caso, o acusado tinha pichado muros de donos de empresa que nem sequer foram inauguradas por exemplo, e viam, no outro dia, o muro todo pintado. Além do constrangimento, o prejuízo é enorme”, afirmou o secretário.

Palestino foi preso na sexta-feira passada, dia 10, após investigação da Polícia Civil. Ele respondeu por acusação de apologia às drogas. Na mesma sexta-feira um habeas corpus o retirou da prisão temporária que teria de cumprir por pelo menos cinco dias. O desembargador Edvaldo Moura considerou a sua prisão “um exagero”. A Ordem dos Advogdos do Brasil (OAB-PI) também se pronunciou, através da Comissão de Direitos Humanos, contra a prisão de Palestino. Nas redes sociais grupos passaram a defender Palestino e o assunto virou polêmica.

Abaixo, um vídeo em que flagra Palestino pichando um muro dentro da Universidade Federal do Piauí:

Wellington Dias diz que greve dos professores é “ilegal e descabida” e mostra que já concedeu reajuste

13/02/2017 - Atualizado em: 13/02/2017, 10:15 Publicado por: Redação OitoMeia

A novela Governo do Estado versus Sindicato dos Trabalhadores em Educação tem seu primeiro capítulo, oficialmente, nesta segunda-feira (13/01).

Parte dos professores da rede estadual de ensino quer a greve e não vai dar aula aos alunos do estado alegando que não aceitam o parcelamento do reajuste salarial oferecido pelo governador Wellington Dias (PT).

O Sinte alega que o Governo não quis negociar, no passado, esse reajuste. Apenas empurrou goela abaixo, com um aumento parcelado: a primeira parcela, de 4%, sendo paga agora em janeiro, e a outra, de 3,64%, sendo paga só em julho deste ano.

Wellington Dias gravou uma mensagem e sua assessoria repassou à imprensa (assista abaixo) onde faz uma convocação para que não haja greve e explica que o Governo do Estado atendeu todas as solicitações feitas pelo Sinte. “O Piauí é o único estado do Brasil que já vem pagando acima do piso nacional”, informou W. Dias.

Diz nota da assessoria do governador: “A Lei Federal estabeleceu regra para pagamento do piso nacional para professores, com reajuste de 7,64%. Então, o piso nacional foi R$ 2.135 para R$ 2.298. O Piauí já pagava acima do piso, o valor de R$ 2.634,65. Com o reajuste de 7,64%, o salário dos professores estaduais vai para R$ 2.836,93. W.Dias assegura que o estado já paga acima do piso nacional e mesmo assim aplicou o reajuste de 7,64%, respeitou a data-base. Para W. Dias, o movimento de greve é ilegal e descabido”.

Em entrevista à TV Cidade Verde, na manhã desta segunda-feira (13/01), o secretário estadual e Administração Franzé Silva disse que professor que faltar aula terá seu ponto cortado e descontado no salário no fim do mês. “Com o ponto eletrônico integrado à folha de pagamento, quem faltar terá desconto automático”, garantiu Franzé.

Empresário usa Troller e ajuda a tirar carros no ‘prego’ durante alagamento em Teresina

11/02/2017 - Atualizado em: 11/02/2017, 11:37 Publicado por: Redação OitoMeia

Gestos de solidariedade se tornaram coisa rara nos dias de hoje. Tão difícil de encontrar que quando uma pessoa decide tomar uma atitude digna de aplausos, quase nunca aparece alguém para parabenizá-la.

Meus parabéns vai para o empresário Kelson Miguel. Durante essas noites de chuva em Teresina ele saiu em seu carro, um potente Troller, pelas ruas mais alagadas da zona leste e ofereceu ajuda para retirar alguns carros que estavam no ‘prego’.

Em um vídeo que ele compartilhou com a reportagem do OitoMeia, Kelson Miguel mostrou como fez para tentar resgatar uma pessoa que não conseguiu sair de uma situação de risco na rua Eustáquio Portela, no trecho próximo ao cruzamento com a avenida Homero Castelo Branco, zona leste.

Carro ficou preso no alagamento (Foto: Kelson Miguel)

Quem passa por aquela região sabe que em dias de chuva é melhor evitar. Na noite desta sexta-feira um carro ficou parado no alagamento da citada rua. Kelson entrou pela avenida Homero, pôs seu veículo no meio do alagamento -chegando a ter água já acima do capô, subindo no vidro dianteiro, de tão profundo que era o alagamento- e encontrou uma pessoa precisando de ajuda.

“Quer ajuda aí para tirar o carro?”, perguntou. “Na verdade esse carro não é o meu. É o de outra pessoa. Mas está trancando”, respondeu a pessoa que estava no meio do alagamento. Não era o primeiro carro que ficava preso naquele alagamento. O empresário falou ao OitoMeia sobre a situação: “Eu entrei, contra a correnteza, para ajudar. Já havia uma equipe do Corpo de Bombeiros no local. Como não havia ninguém dentro do veículo, fomos a outra ocorrência, com uma pessoa presa num alagamento ao lado da Kia Motors (bairro São Cristovão)”.

O Corpo de Bombeiros está em alerta por conta do período de chuvas e recomenda que as pessoas evitem passar com seus carros por alagamentos como este. Elas podem ser arrastadas e causar acidentes graves. Assista como foi a tentativa de resgate:

Regina Sousa desabafa e alfineta Wellington Dias: “A gente discutia antes para só depois tomar uma decisão”

11/02/2017 - Atualizado em: 11/02/2017, 09:33 Publicado por: Redação OitoMeia

A senadora Regina Sousa (PT) é daquelas que falam o que pensa. Nem que isso desagrade um aliado.

E olha que não é de hoje. Antes mesmo de ter um mandato ela sempre foi uma figura considerada polêmica dentro do Partido dos Trabalhadores no Piauí.

Dona de uma cadeira no Senado, como costumam criticá-la “sem ter nenhum voto” -ela era suplente de Wellington Dias (PT), que se elegeu governador em 2014-, ela não tem papas na língua nem mesmo para revelar o que pensa sobre o próprio W. Dias.

Numa entrevista exibida, ao vivo, pela TV Cidade Verde, ao jornalista Elivaldo Barbosa, nesta sexta-feira (10/02), a senadora não titubeou ao expor o governador e dizer que sua decisão de comportar outros partidos em sua administração a partir de agora não satisfaz a ela e a um bocado de petista.

Regina Sousa concede entrevista a Elivaldo Barbosa (Foto: Reprodução da TV)

E deu uma alfinetada daquelas, em alto e bom: “(O que incomoda) é que a gente (cúpula do PT) discutia antes para só depois tomar uma decisão (no caso de aceitar PP e PMDB, por exemplo). Mas agora não. É tudo decidido logo para só depois discutirmos. É uma pena”.

Mas engana-se quem pensa que Regina não compreende que Wellington precisa compor a sua base aliada para que chegue nas eleições 2018 preparado para disputar a reeleição. Tanto que ela compara com o que aconteceu com a ex-presidente Dilma Roussef, que sofreu impeachment já não tendo mais uma base unida. Ela chama de “arranjos políticos”.

Abaixo alguns dos principais trechos da entrevista-desabafo de Regina Sousa:

PMDB
“É um partido que não estava com a gente em 2014, estava na oposição, disputando (Zé Filho era o candidato, contra W.Dias). Claro que incomoda”.

PP
“Tem a história do golpe… Mudou da noite pro dia (lembrando que o partido, antes aliado da ex-presidente Dilma Roussef, votou a favor do impeachment). Claro que incomoda”.

“ARRANJOS”
“Mas ele, o governador Wellington Dias, sabe e precisa fazer mesmo esses arranjos políticos. É uma estratégia política dele para governar, pensando em 2018”.

“Ele precisa fazer mesmo esses arranjos políticos” (Foto: Reprodução da TV)

COMPARAÇÃO COM DILMA
“Vejam que a ex-presidente Dilma sofreu sem ter aliados, sem ter como governar… Em 2015 ela não conseguiu aprovar nem o orçamento. Já não tinha mais maioria. Por isso é compreensível”.

PT VERSUS W.DIAS
“Mas o governador também sabe que o PT não é obrigado a aceitar tudo que ele decidir. Pode até entender, mas não é obrigado a aceitar”.

QUALQUER CIRCUNSTÂNCIA
“Ele (Wellington Dias) sabe quem o apoia em qualquer circunstância. É esse partido aqui, sempre foi”.

VIDA LONGA AO PT
“Ninguém vai liquidar o partido. Sobrevivemos à Justiça, a pancada midiática… somos um partido sobrevivente. Diminuímos o tamanho, isso é verdade, mas ninguém vai nos liquidar. Vida longa ao PT”.

Casa de Wellington Dias no Condomínio Mirante do Lago fica ‘ilhada’ e agenda é cancelada

10/02/2017 - Atualizado em: 10/02/2017, 12:51 Publicado por: Redação OitoMeia

O governador Wellington Dias (PT) teve a sua casa ‘ilhada’ e não pôde sair para cumprir os compromissos que tinha, cedo da manhã desta sexta-feira (10/02).

Morador do condomínio de casas Mirante do Lago, localizado na BR-343, no bairro Gurupi, ele foi mais um dos que sofreu com a forte chuva que caiu em Teresina desde a madrugada desta sexta.

A agenda marcada para a manhã desta sexta foi completamente cancelada. Entre os compromissos, o governador e a primeira-dama, Rejane Dias, que é secretária estadual de Educação, suspenderam a solenidade de inauguração do tão sonhado Centro Profissionalizante José Pacífico.

Imagem de como ficou o Mirante do Lago em 2015; por pouco o problema não se repete (Foto: Reprodução)

O local onde o governador mora já passou por problema maior em abril do ano de 2015, quando –também por causa da chuva– a pista cedeu e uma enorme cratera foi aberta. Desta vez a região do condomínio alagou completamente, mas não invadiu tanto quanto em 2015.

Nos bastidores de quem atua no ramo imobiliário, a informação é de que as mansões do luxuoso condomínio têm perdido valor de mercado principalmente por conta desse problema quando chega o período chuvoso. Um lote no Mirante do Lago já chegou a custar entre R$ 2 a R$ 5 milhões.

pesquisar no blog