26/02/2017 (86) 98119-5253

Elói Freire

A história não contada do cuscuz

03/01/2017 - Atualizado em: 03/01/2017, 10:04 Publicado por: Elói Freire

Há poucas coisas mais comuns do que acordarmos e logo pela manhã comer uma porção de farinha de milho cozida no vapor com ou sem recheio coberto com um pedaço generoso de manteiga ou margarina acompanhado de café e ovo, também conhecido como cuscuz. É assim como nossos pais faziam, os pais deles antes e por aí segue por infinitas gerações, incontáveis, algo tão natural que parece algo que deve estar por aqui há centenas de anos dessa mesma forma, imutável.

Cuscuz nordestino com manteiga

Cuscuz nordestino com manteiga

Porém as coisas não são assim tão simples.

O couscous é um prato de origem norte-africana, feito com ingredientes que nos são tão familiares quanto um camelo, há referências ao prato desde o século XIII, já sendo citado como “conhecido em todo o mundo”, há referências ao prato na Itália desde o século XVI. Nessa velha tradição sêmola de trigo é amassada a mão e dessa forma posta a cozinhar no vapor, carnes variadas, miúdos ou peixes acompanham tradicionalmente que costuma ser uma refeição completa. Na França o prato é bem comum e chegou a ser considerado o terceiro prato mais comum entre os franceses.

Filé de Pescada Grelhada com Cuscuz Marroquino de Legumes

Filé de Pescada Grelhada com Cuscuz Marroquino de Legumes

Chegando com a colonização pelo litoral acabou se espalhando e adaptando-se com a cultura do milho e arroz, além da versão que estamos acostumado há a versão paulista, que não é feita no vapor, mas um caldo quente com vários temperos como cebola, tomate, azeitonas, sardinhas entre outros, incorpora a farinha de milho aos poucos, até a massa ficar totalmente cozida, sendo depois transferida para uma forma e posteriormente desenformado.

Cuscuz Paulista

Cuscuz Paulista

Hoje encontramos ingredientes para essas versões de cuscuz aqui pela cidade nos supermercados, não sendo difícil fazer uma noite marroquina para receber seus convidados ou se sentir como um bandeirante com sua ração de viagem.

Cuscuz de Cabo Verde
Segue receita de um típico cuscuz marroquino

Ingredientes:

– 1 xícara de cuscuz marroquino;
– 1 tablete de caldo de legumes;
– 1 xíc e meia de água fervente;
– 1/2 berinjela em palitos ou cubos;
– 1/2 cenoura em palitos ou cubos;
– 1/2 abobrinha em palitos ou cubos;
– 1/2 cebola picadinha;
– cheiro verde a gosto;
– 1 colher de sopa de azeite;
– Sal se achar necessário.

Preparação:

PASSO 1:Numa panela ferva a água com o tablete de legumes, mexa com uma colher para dissolver bem, desligue o fogo e acrescente o cuscuz marroquino para hidratar por 5 minutos.

PASSO 2:Solte o cuscuz com um garfo.

PASSO 3:Numa outra panela faça um refogado com o azeite, cebola , os legumes e o cheiro verde.

PASSO 4:Junte o cuscuz ao refogado e está pronto.Acompanha muito bem peixes.

comentários
pesquisar no blog